Conheça todas as normas que nos comprometemos em seguir:

Pilar de Qualidade

Por um longo período as pessoas associavam a melhoria da qualidade ao aumento de custos dos produtos e/ou serviços. No entanto, quando há aumento significativo da qualidade, paralelamente tem-se aumento de produtividade e ganhos relativos. Para a Cristal Embalagens, a qualidade deve ser algo naturalmente espontâneo, em que todos devem adotar para bem satisfazer o cliente, o atendimento aos parâmetros legais, o respeito ao meio ambiente e aos seus colaboradores. A qualidade na Cristal não acontece é um ato isolado, a melhoria contínua deve ser a todos os processos constantemente, com a execução de um trabalho bem feito, realizado por uma equipe motivada e comprometida, isso é o que nos promove para não deixar de alcançar o melhor.

Pilar Ambiental

A exigência cada vez maior do mercado por organizações que adotem um modelo de gestão sustentável tem levado às empresas a uma busca pela melhoria de seus processos no intuito de atender a legislação aplicável e diminuir, ou até mesmo eliminar os impactos ambientais de suas atividades. Neste caso, nada mais é que obter o crescimento econômico contínuo através do manejo racional dos recursos naturais e do uso tecnologias mais baratas e menos poluentes. No mesmo sentido, a Cristal Embalagens, tem o interesse ambientalmente correto o que faz das iniciativas ambientais da empresa, buscando minimizar ou evitar o dano na fonte da atividade, para que o meio ambiente e nós não venhamos sofrer as consequências de uma atividade mal realizada. A Cristal Embalagens ao praticar a lei da “Logística Reversa”, não considera uma imposição, mas sim uma conscientização de que todo resíduo pode ser revertido em matéria prima, e assim, reduzindo os resíduos gerados, aumentando a vida útil dos aterros, diminuindo a extração de recursos naturais e evitando a poluição da água, ar e solo.

Pilar da Segurança

Desde o início da humanidade os seres vivos desempenham atividades de subsistência em condições de exposição a riscos de acidentes. Tanto a saúde quanto a segurança dos colaboradores são essenciais para o bom desempenho da Cristal Embalagem. Para que estes fundamentos sejam garantidos a Cristal possui uma gestão participativa de qualidade na providência destes direitos. A gestão desses recursos é garantida pelas normas regulamentadoras – NR, que o Ministério do Trabalho disponibiliza para a padronização de sistemas de segurança, administrado por especialistas, que no caso fica a critério do setor de segurança da empresa, onde todos as ferramentas necessárias para uma gestão de qualidade da saúde e segurança dos colaboradores são controladas.

Pilar Alimentar

As mudanças nos hábitos alimentares da sociedade nos últimos tempos levaram ao aumento do consumo de alimentos industrializados. Para garantir a segurança da embalagem, a Cristal aplica os requisitos de Boas Práticas de Fabricação e o método HACCP conforme Codex Alimentarius, para todas as embalagens produzidas e equipamentos que estejam em contato direto. Segundo o Codex Alimentarius, as indústrias devem fornecer alimentos seguros, e adequados para o consumo, ou seja, garantir que estes não sejam fonte de contaminação que possa causar danos à saúde do consumidor, quando preparados e consumidos de acordo com a sua intenção de uso (Codex Alimentarius Comission 2009). Neste contexto, a Cristal tem a preocupação em fornecer a embalagem sem constituir riscos à saúde de quem consome o alimento nela contido, através das especificações técnicas do cliente de forma garantindo a proteção adequada aos alimentos, prevenindo danos e minimizando contaminações (química, física e microbiológica).

Pilar da Responsabilidade Social

A Cristal Embalagens tem o compromisso com o desenvolvimento ações, por meio das atitudes e valores, como objetivo gerar uma melhora na qualidade de vida das pessoas, começando no ambiente interno, desenvolvendo programas para atender as expectativas de seus colaboradores para que possam ter um ambiente de trabalho em boas condições. Com a capacidade de ouvir os interesses e necessidades das diferentes partes envolvidas, para incorporação no planejamento de suas atividades, buscando atender a demanda de todos, promovendo melhor qualidade para a sociedade que está inserida, agindo com ações de sustentabilidade e preservação do meio ambiente para diminuir possíveis danos ambientais decorrente do tipo de atividade que exerce.